Buscar
  • Educom UFU

Semanas de comunicação e de educomunicação acontecem nos primeiros dias de novembro na UFU


Por: Duda Yamaguchi e Loise Monteiro



Os jornalistas Renato Peters e Vinícius Sassine participaram de um debate sobre o atual cenário do jornalismo e o futuro da profissão. (Foto: Lucas Eduardo Figueira)

Essa semana, do dia 05 a 09 de novembro, promete ser agitada para os estudantes de comunicação da UFU e para todos que se interessarem pelo tema. No campus Santa Mônica, ocorre a VI Semana de Comunicação, promovida pelo Centro Acadêmico de Comunicação Social (CACOS), e a VI Semana de Educomunicação, realizado pelo Programa de Educação Tutorial (PET) Conexões de Saberes Educomunicação, repletas de palestras, oficinas e convidados especiais.


Com o objetivo de discutir sobre o futuro de Jornalismo, os membros do CACOS decidiram que o tema desta edição da SECOM seria “10 anos de curso - reflexões sobre a prática jornalística”, também como uma forma de celebrar o aniversário do Jornalismo UFU. Para fomentar ainda mais a discussão, a Semana contou com a presença de Vinícius Sassine, jornalista e pós-graduado em “Documentário Criativo” pela Universidade Autônoma de Barcelona, e de Renato Peters, jornalista esportivo da Rede Globo e chargista pelo blog “Quatro Linhas.


O coordenador da Diretoria de Eventos Científicos e Culturais do CACOS, Mateus Prata, conta que a preparação do evento se deu em torno de uma intensa procura de possíveis palestrantes e na divulgação da Semana para a comunidade acadêmica da UFU. “Junto com o coordenador do curso, Marcelo Marques, nós fomos pensando em alguns nomes, até chegar nesses que já estão confirmados. A partir disso, passamos dias inteiros mandando mensagem para todos os alunos de Jornalismo e indo às salas para convidá-los e incentivá-los a participar”, explica.


Com 4 palestras e 6 oficinas, a SECOM busca abordar diversos âmbitos do Jornalismo, desde ensinar como podem ser realizados infográficos, através de plataformas digitais, até reflexões e debates sobre mídia e política. A expectativa, segundo Prata, é alta. “O público pode esperar uma semana muito bacana e importante para o Jornalismo, pois os participantes poderão conversar sobre a profissão no futuro, fazer perguntas e conhecer um pouco sobre a trajetória de jornalistas já formados e que exercem suas profissões atualmente. Acredito que todos deveriam ir para compreender ainda mais sobre a comunicação”, conta.


Já a VI Semana de Educomunicação, promovida pelo PET, ocorrerá nos dias 7, 8 e 9 de novembro. Ela contará com apresentações de trabalhos, debates, palestras, rodas de conversa, oficinas e um sarau de encerramento. O objetivo da semana é promover discussões sobre mídias na educação, leitura crítica da mídia e outras temáticas relacionadas à comunicação e à educação.


Segundo o integrante do PET e um dos organizadores do evento Jhonatan Dias, muitas pessoas ainda não sabem o que é educomunicação e outras praticam sem saber. “As pessoas podem esperar entender esse conceito e, posteriormente, ter a possibilidade de aplicar em projetos”, afirma o estudante de jornalismo.


Quando perguntado sobre a importância de ter uma semana especialmente sobre educomunicação na universidade, Dias reafirma a falta de conhecimento da comunidade sobre o assunto. “O evento serve para dar visibilidade à temática e aos trabalhos, para que mais pessoas conheçam e apliquem os projetos sobre isso e conheçam a educomunicação”, conclui.

0 visualização