Buscar
  • Educom UFU

Série de lives discute Paulo Freire e práticas educomunicativas

Por Lucas Figueira e Sara Camelo


Na última terça-feira (14), aconteceu a primeira live da série “Paulo Freire vai à Universidade”. A conversa abordou a história do “Menino que queria ler o mundo” e teve como entrevistada Nima Spigolon, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A proposta surgiu de uma necessidade dos alunos da disciplina de Princípios Éticos Freirianos, oferecida como disciplina optativa nos currículos dos cursos de licenciatura da UFU.


A partir dessa ideia, os estudantes desenvolveram projetos para a formação de um grupo de estudos, que tem como principal objetivo refletir sobre a importância de Paulo Freire para a educação brasileira. O grupo, intitulado Círculo de Estudos e Pesquisas Freireanos (CEPF), faz parte do Projeto de Extensão “Inéditos viáveis na formação de professora”.


A série deve contar com cinco lives, que serão exibidas todas as terças-feiras às 19h. A escolha de cada palestrante se deu após um breve mapeamento dos pesquisadores de Freire no país. A professora e mediadora das lives, Camila Coimbra, afirma a importância específica de cada um dos convidados. “Essa relação estabelecida com os pesquisadores de Paulo Freire nos fez perceber a importância de compartilhar as diferentes perspectivas sobre os estudos freirianos. ”, diz.


Importância do tema


A relevância do diálogo sobre Paulo Freire é nítida quando nos deparamos com o atual cenário em que vivemos. É por meio do diálogo, do estudo científico e da troca de experiências sociais que podemos migrar de consciência ingênua para uma consciência mais crítica em relação ao mundo.


Sobre isso, a professora Camila Coimbra reitera o valor da educomunicação nos dias atuais “A comunicação e a educação são relevantes no processo coletivo de contrapor um modelo de vida que nega o direito à existência humana. A interface faz isso por meio da formação de sujeitos que criam, pensam e saibam propor soluções viáveis para a humanidade.”, afirma.


A convidada da próxima live é Ana Paula Cavalcanti, professora de educação à distância no Centro Universitário Newton Paiva. Ana lidera um grupo de estudos e pesquisas sobre o patrono da educação brasileira e, durante a conversa, irá analisar a obra “Educação como prática de liberdade”, de Freire.


“Essa obra discute a sociedade, a educação e o valor da democracia. Paulo Freire defendia uma educação democrática e dialógica. Ele conta o que fez em Angicos (RN), onde conseguiu alfabetizar 300 adultos em poucos dias, através do método da palavra geradora”, explicou, sobre o método que utiliza palavras e situações do cotidiano dos estudantes para poder ensinar.


Divulgação


Para Ana Cavalcanti, Freire têm sido alvo de ataques, muitas vezes, sem fundamentos. “As pessoas creditam os fracassos escolares à pedagogia libertadora de Paulo Freire, sendo que ela nunca foi de fato efetivada no país”, comentou., comentou.


Segundo ela, é preciso unir forças entre institutos, faculdades, universidades, centros universitários, faculdades e estudiosos de Paulo Freire. “Assim, podemos sair de nossos ‘castelos acadêmicos’, ir até as mídias e disseminar o conhecimento”.


Por fim, a professora ainda reforça a importância da disseminação dos conhecimentos científicos em redes sociais. “O negacionismo tomou muita forma e muita força, pois faltou bastante das universidades essa divulgação em massa para o povo. Por isso, movimentos como as lives, são de extrema importância para este nosso tempo”, conclui.


Programação:


Live 02: “A Educação como prática da liberdade”

Data: 21/07/2020

Convidada: Ana Paula Cavalcanti (GEPPFE)

No canal da FACED UFU no Youtube


Live 03: Lançamento Memorial virtual Paulo Freire

Data: 28/07/2020

É fruto da parceria entre o Instituto Paulo Freire com a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE)

No canal do IPETV no Youtube


Live 04: “As cátedras Paulo Freire”

Data: 04/08/2020

Convidada: Mônica Lopes Fonena Araújo (UFRP)

No canal da FACED UFU no Youtube


Live 05: “Paulo Freire mais do que nunca”

Data: 11/07/2020

Convidado: Walter Kohan (UERJ)

No canal da FACED UFU no Youtube


60 visualizações